Diemut Poppen (DE)

Viola e Direção Artistica

Reconhecida como uma das maiores violetistas do nosso tempo, Diemut Poppen estudou com Y.Bashmet, K.Kashkashian, B.Giuranna,e P. Schidlof (Quarteto Amadeus). Como solista e violetista de câmara, Poppen toca nas mais prestigiadas salas de concerto como Barbican Centre, Queen Elisabeth Hall, Wigmore Hall e tem sido convidada para participar nos festivais de C.Abbado, A.Schiff, G.Kremer, L. Kavakos e N. Gutman. Como solista, colaborou com a Mahler Chamber Orchestra, Nordwestdeutsche Philharmonie, Rundfunkorchester SR, Orquestra Gulbenkian, Armenian Philharmonic, Chamber Orchestra of Europe, com Heinz Holliger, FransBrüggen e Claudio Abbado. Foi viola solo e membro fundador da Chamber Orchestra of Europe. Galardoada como o “European Music Prize”, é atualmente professora em Zurique, na Academia de Música de Detmold e na Escola de Música Reina Sofia em Madrid. Com uma vasta experiência na direção de festivais, Diemut Poppen é Diretora Artística do  Cantabile Festival desde o seu início, em 2010, e dos Rigi Musiktage. O seu repertório, excecionalmente extenso, inclui concertos clássicos para viola, obras de música de câmara e de música contemporânea, contando com estreias de obras escritas para ela por compositores contemporâneos, como o  concerto para viola de A. Pinho Vargas (2016).